Programa A Guerra Contra o Câncer do Hospital Dr. Hélio Angotti. Transmissão TV Câmara Uberaba


15/7/2017 - a 10/12 Eventos da Rede de Proteo Social














Tudo sobre o Câncer Tratamentos

Tratamento do Câncer

Publicado em 14/01/2010 - 02:00

O tratamento do câncer pode ser feito através de cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou transplante de medula óssea. Em muitos casos, é necessário combinar mais de uma modalidade.

RADIOTERAPIA
Tratamento no qual se utilizam radiações para destruir um tumor ou impedir que suas células aumentem. Estas radiações não são vistas, e durante a aplicação o paciente não sente nada. A radioterapia pode ser usada em combinação com a quimioterapia ou outros recursos no tratamento dos tumores. Perguntas e Respostas.

QUIMIOTERAPIA
Tratamento que utiliza medicamentos para combater o câncer. Eles são aplicados, em sua maioria, na veia, podendo também ser dados por via oral, intramuscular, subcutânea, tópica e intratecal. Os medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo, também, que elas se espalhem pelo corpo. Perguntas e Respostas.

TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA
Tratamento para algumas doenças malignas que afetam as células do sangue. Ele consiste na substituição de uma medula óssea doente, ou deficitária, por células normais de medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma nova medula. Perguntas e Respostas.

BRAQUITERAPIA
A braquiterapia consiste no tratamento de tumores utilizando fontes de radiação ionizantes que são implantadas diretamente nos locais onde eles se desenvolvem. A braquiterapia pode ser utilizada para o tratamento de tumores do cérebro, pulmão, esôfago, próstata, além daqueles que podem se desenvolver no aparelho reprodutor feminino.

O crescimento da braquiterapia como forma de tratamento em medicina nuclear, deve-se à possibilidade de utilização de grandes doses de radiação concentradas em pequenas fontes, o que não é possível na teleterapia, uma vez que a radiação é proveniente de uma fonte externa (unidade de cobalto ou um acelerador linear), e sua eficácia é limitada pela quantidade de radiação que o paciente pode receber, que é menor do que na braquiterapia, além de comprometer tecidos saudáveis e podendo causar efeitos colaterais indesejáveis como naúseas e diarréia.

Com a braquiterapia consegue-se prolongada irradiação do tumor, permitindo uma eficácia de tratamento bem maior, sem grandes comprometimentos de tecidos saudáveis e com diminuição dos efeitos colaterais que são próprios da utilização da teleterapia como forma única de tratamento.


MEDICINA NUCLEAR
A Medicina nuclear é uma especialidade médica que utiliza técnicas seguras e indolores para formar imagens do corpo e tratar doenças. A medicina nuclear é única por revelar dados sobre a anatomia e a função dos órgãos, ao contrário da radiologia, que tipicamente mostra apenas estrutura anatômica dos órgãos. É uma maneira de coletar informações de diagnóstico médico que, de outra forma, não estariam disponíveis, requereriam cirurgia ou necessitariam de exames de diagnóstico mais caros.

Os exames de medicina nuclear freqüentemente podem detectar precocemente anormalidades na função ou estrutura de um órgão no seu corpo. Esta detecção precoce possibilita que algumas enfermidades sejam tratadas nos estágios iniciais, quando existe uma melhor chance de prognóstico bem sucedido e recuperação do paciente.

Esses exames de medicina nuclear são benéficos para estudar danos fisiológicos ao coração, restrição do fluxo sangüíneo ao cérebro, além do funcionamento de outros órgãos como a tireóide, rins, fígado e pulmões. Também tem usos terapêuticos valiosos como o tratamento do hipertireoidismo e alívio da dor para certos tipos de câncer dos ossos.
Em geral, existe quase uma centena de diferentes exames de medicina nuclear hoje disponíveis, incluindo estudos cerebrais, diagnóstico e tratamento de tumores, avaliação das condições dos pulmões e coração, análise funcional dos rins e de todos os sistemas dos principais órgãos do corpo.




Para saber mais:
Tipos de Câncer
Tratamentos do Câncer
Prevenção e Detecção
Direitos dos Portadores
Estatísticas



Hospital Dr. Hélio Angotti ® 2009. Todos os direitos reservados. | Rua Governador Valadares, 640 - Uberaba/MG - Brasil | Desenvolvido por P&A Comunicação